terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

VIDA LOUCA, VIDA...

Faltam poucos dias pra te encontrar, ou melhor dizendo, pra te conhecer de fato, em carne, osso, cheiro, beijos, abraços.
Engraçado, porque a impressão que eu tenho é que te conheço desde sempre, tudo se funde e se confunde a ponto de saber o que estamos pensando ou vamos dizer, já estamos na fase de completar os nossos dizeres, como isso é possível? Nos esbarramos há um mês, míseros 30 dias, tão pouco tempo e já compartilhamos e vivemos tantas coisas e ainda temos e teremos tantas outras pra viver.
Tudo em você me encanta e me envolve de modo intenso e verdadeiro, tua inteligência sem ser pedante, teu senso de humor, teu jeito leve de ser e que me dá uma paz imensa e colore os meus dias e as noites, tua sinceridade, tua sensibilidade, tua atenção, teu carinho, tua delicadeza, tua beleza, tua doçura nada enjoativa, enfim poderia falar aqui por horas das tuas qualidades, mas vou parafrasear o ruivo: ESTRANHO SERIA SE EU NÃO ME APAIXONASSE POR VOCÊ...
Me belisco sempre pra garantir que não estou sonhando, aí me dou conta que estou sim, porém é um sonho real, de olhos abertos, muito abertos... pra te ver melhor e cada vez mais.

Imagem capturada do blog: http://3.bp.blogspot.com/_INfsTwXWZNs/SWoXkcqBBvI/AAAAAAAAAI4/aBpUBEODnM4/s1600-h/coracao.jpg

2 comentários:

Mara faturi disse...

Declaração assim, falta o ar, aff...as borboletas pousam suas asas cansadas e brilham azul purpurina!! Lindo, lindo...
TVTB!!
bacio

A Moni. disse...

...a uma hora dessas...
Humm...

Eu aqui, aguardando contatos imediatos...

(esperando sentada, isso é óbvio!)

Gente, eu amo o amor!!!!