domingo, 29 de março de 2009

CHOVE LÁ FORA E AQUI...

Engraçado postei abaixo um texto falando sobre a felicidade, mas desde ontem me sinto um tanto quanto triste.
É uma tristeza que vem do nada e vai para o mesmo lugar.
De todas as tristezas, aquela não identificada é a que mais tenho medo.
Mas será que é exatamente assim ou sou eu que não estou querendo que ela se revele pra mim com toda a sua essência?
Será uma tristeza remanescente ou virgem?
Apenas sei que é um sentimento que me fez e me faz chorar nesse momento novamente.
Ai ai tô pêssega, um tanto fora de época...

2 comentários:

A Moni. disse...

Às vezes, Naizinha, chego a cogitar que a tristeza não existe isoladamente... É parte de um todo que podemos optar - a felicidade.

Passa já, viu???

Beijo!

Mara faturi disse...

Concordo com a sábia Dinda;)
agora vc já pode ser Jabuticaba;)
bacione