terça-feira, 6 de janeiro de 2009

TUDO QUE ME TRAZ VOCÊ AQUI...

1- Nando Reis, que dor é ouvir Nando... principalmente LUZ DOS OLHOS e DESSA VEZ, impossível não chorar...

2- Av. São João, foi a rua em que a minha vida encostou na tua e de todos os perigos que disseram existir nessa avenida, fui acometida de um que ninguém cogitou: uma flecha perdida que me atingiu em cheio o coração... 

3- Envelopinho de açúcar, não posso passar em um lugar que tenha os danadinhos que já me vejo guardando-os pra ti, nem sei se um dia os poderei te entregar, mas é um jeito que achei de te sentir perto de mim... 

4- Gatos e cães, às vezes saía pela rua e não via nenhum gatinho ou nenhum cãozinho, mas desde que voltei, acho que eles me perseguem, porque em cada canto tem um, será que brotaram de uma hora pra outra, ou será que só agora me dei conta? 

5- MSN, ligo na esperança de te ver online, não que você irá falar comigo, ou que eu vá puxar conversa, não é isso, eu disse VER, você deixou claro que foi embora... 

6- Orkut, acontece o mesmo que no msn, te saber ali, é te sentir ao meu lado. Eu sei que é loucura, mas enlouquecer não é apenas uma questão de insanidade mental, é também uma questão de dor... 

7- Pulso, nunca vi um tão lindo quanto o teu, às vezes me percebo desviando os olhos do pulso de alguém, porque sempre me lembro do teu. Aí fica a pergunta me martelando a cabeça: Será que você foi ao médico pra olhar aquela dor? Me preocupo demais contigo e essa falta de notícia é cruel... 

8- Pivetinha, olho pra pinguinzinha e você está lá, só que dessa vez acompanhada da Pivetinha daí, sinto falta dela também... 

9- Mãos dadas e carícias, passei a ter inveja das pessoas que andam de mãos dadas pela rua, foram momentos ímpares os nossos passeios de mãos dadas. Nossa, como você é doce! Tô me lembrando daquele senhor com o ursinho na rua... que comédia! 

10- Café da manhã, almoço e jantar, te ter durante as refeições foi um sonho! Provar da tua comida e te dar da minha, comer na cama contigo, na tua boca, no teu corpo, pegar mais requeijão pra ti, colocar teu pão na torradeira e te ver discursar que é um aparelho supérfluo, foi tão 'tua cara' falar aquilo, tão meigo! 

11- Lenin e Zeca Baleiro, ou seria Zé Cabaleiro???? Dois momentos de um riso incontrolável quase culminando ao choro, na verdade choramos de rir. Ver de perto tua paixão e intimidade com questões políticas e os personagens que fizeram a história e que você tem tanta admiração, é comovente, você falava deles como se fossem amigos íntimos, chegou a tal ponto de eu querer saber QUE LENIN??? Pra mim era um amigo de infância; e você com aquela carinha de pavor me perguntou: VOCÊ NÃO SABE QUEM É LENIN???? Lógico que sei quem foi Lenin, mas como poderia saber que o teu íntimo amigo era o grande revolucionário russo???... E ao mesmo tempo da tua paixão por revoluções, caiu na armadilha sonora de um nome... impagável!!!

12- Milho cozido com margarina, dia 1º aqui em casa teve milho assado na brasa, passei longe, é uma lembrança que tava recente, milho não passará mais despercebido... 

13- Lichia, tenho certeza que você se lembrará de mim também, você não conhecia e se apaixonou pela danada e eu fiquei feliz por te apresentá-la... 

14- Cinema, assistiria aquele filme horrendo novamente, quantas vezes fossem necessárias, só pra te ter de novo dentro do cinema de mãos dadas comigo e com a cabeça apoiada no meu ombro esquerdo... 

15- Ibirapuera, que lugar lindo, que tarde maravilhosa, que companhia deliciosa, que passeio romântico, com direito a serenata e tudo... 

16- Liberdade, já gostava desse bairro, da sensação boa que tenho lá, agora terei mais um motivo pra gostar de lá... 

17- Museu da Língua Portuguesa e Pinacoteca, momento cultural, com joguinhos de palavras, troca de olhares... 

18- Piano, aquele senhor tocando piano na Estação da Luz, te ver emocionar com a emoção dele, o orgulho que ele tem dos netos, e a comprovação de que muitas pessoas têm um potencial muito grande e mal aproveitado pela falta de oportunidades, foi um momento especial... 

19- Formule 1, dava uma vontade louca de correr pra lá sempre, fazer pit-stops eternos, afinal de contas te ter nos meus braços, estar nos teus, não tem preço... 

20- Supermercado, antes mesmo das nossas idas aos diversos supermercados que fomos, já pensava em ti quando ia a um, agora então nem se fala... 

Acho melhor parar por aqui, embora recordar seja reviver, existem coisas que doem demais...
É uma dor de saudade das coisas boas vividas, é uma dor de incompreensão do fim, de vazio, de mágoa, de me sentir tão pequena e tão insignificante, de ter sido descartada do modo que fui.
Conversando com minha confidente querida, me comparei a uma poeirinha que tem sobre o móvel e que a pessoa vai lá e limpa, sem dó, nem piedade... eu acho que por tudo que vivemos eu merecia um pouco mais de consideração.
Não pense que te culpo, pois não te culpo de nada e nem posso, entrei nessa já sabendo que eu iria perder.
Você por outro lado entrou nessa por achar que tinha o controle absoluto da situação, e como me disse em algum dia antes de nos encontrarmos, que o máximo que você levaria contigo seria somente uma saudade da boa, posso estar enganada, mas acho que levou mais que isso...

Obrigada por ter sido meu porto alegre e ter me feito descobrir uma fortaleza que existe em mim...
Obrigada pelas risadas, pelas carícias, por eu ter conhecido o teu outro lado...
Obrigada por me mostrar tua frente e teu avesso...
Obrigada por tudo e por nada...
Só não agradeço por ter saído da minha vida...

Ah, e saiba que do lado de cá a porta ainda está destrancada, quando quiser entre sem bater... 

6 comentários:

Moni disse...

A confidente querida aqui queria dizer que adora ser 'a querida confidente' e também que, toda essa avalanche, hoje de dor e saudade, se transformará em história e enfeitará o livro da sua vida. Só quem vive intensamente sente o que realmente vale a pena... Adoro tu!!!

A Moni. disse...

Só pra registrar que isso aqui tá uma lindeza!!!
Eu sabia que vc precisava de mais recursos pra que o belo não se expresse apenas pelas palavras...
Lindo, lindume!!!

Beijocas!

Bebel disse...

Amiga confidente querida, você como sempre com uma palavra certa, no momento certo... vai passar, tem que passar, por bem ou por mal!
Sigamos...

Obrigada, lindume!
Esse aqui tem mais opções mesmo, o que seria de mim sem você???? :)
Tô me divertindo e o melhor, ocupando a mente...

Mara faturi disse...

...histórias de amor são doidas, doídas...mas nos movem e, veja você, podem renascer em palavras;belíssimas;)
bjo

Bebel disse...

Mara, primeiramente: Seja bem-vinda! Eu bem sei o quanto histórias de amor são doidas e doídas, você está diante de uma escorpiana, impulsiva, que se joga de cabeça e sempre se esquece do pára-quedas... porque afinal de contas se é pra se jogar, que seja com emoção, né? rs Depois vou catando os meus caquinhos e reconstruindo meu quebra-cabeça... Como diria a Moni, SIGAMOS... :)

Anônimo disse...

Essa é uma das declarações de amor mais significativas que alguém pode ter...
Venho sempre ler... ainda que me parta o coração.